Estado de Goiás

Proposta com uso da metodologia EaD na educação presencial melhora a dinâmica de ensino  

Proposta com uso da metodologia EaD na educação presencial melhora a dinâmica de ensino“Sala de aula invertida”, o método que integra EaD ao modelo presencial é defendido pelos pesquisadores Johnathan Bergmann e Aaron Sams como uma evolução do modelo educacional.

 

Em reportagem da revista Nova Escola (2017) os criadores do método da 'sala de aula invertida’, Johnathan Bergmann e Aaron Sams, apontam o uso de ferramentas da EaD na educação presencial como uma estratégia de superação da sala de aula tradicional. Para Bergmann, pesquisador e professor de química na Universidade do Colorado, o modelo próximo à semipresencialidade permite ao aluno aprender os conteúdos que seriam dados em sala de aula em sua própria casa, por meio de videoaulas, games educativos, fóruns, entre outros métodos dinâmicos de aprendizagem. O professor atua então como agente facilitador do aprendizado do aluno, uma vez que o aluno vai para a sala de aula com dúvidas específicas sobre o assunto que já vivenciou em casa. Isso torna as aulas mais centradas nos alunos e em suas dúvidas, e não deixa o aprendizado ocorrer de forma passiva.

Para o professor Eude Campos, coordenador do Centro de Ensino e Aprendizagem em Rede (Cear), a sala de aula invertida integra tecnologias digitais e de comunicação com metodologias de ensino, o que instiga os alunos a criarem competências individuais e também o espírito colaborativo, onde “estudante e professor passam a ser protagonistas do processo didático-pedagógico que promoverá, ao final, a aprendizagem do estudante”, afirmou Eude.

O método da sala de aula invertida possibilita que o aluno aprenda em seu próprio tempo, reveja o conteúdo se e quando achar necessário e transforma-o em investigador do conhecimento, pois incentiva o estudante a pesquisar assuntos e temas paralelos ao da disciplina. Em entrevista ao site Nova Escola, Bergmann expôs que a sala de aula torna-se um local de interação e integração que é ideal para aumentar o nível de aprendizado dos estudantes na atualidade. O aprendizado contemporâneo precisa, inevitavelmente, do Ensino a Distância como ferramenta metodológica.

Leia a íntegra da reportagem aqui.

Comunicação, Mídias e UX - CEAR | 2018
comunicacao.cear@ueg.br
Notícia publicada em 21/03/2018